domingo, 28 de junho de 2015

Peregrinos recebem Moção de Aplauso


            A saga para angariar fundos e garantir nossa participação na JMJ Madrid 2011 rendeu uma Moção de Aplauso na Câmara Municipal de Varginha, em dezembro do mesmo ano. Como foi um fato extremamente marcante para nós, afinal, um reconhecimento público ao nosso trabalho, compartilho com vocês o texto que redigi na época para o Jornal Planeta Legionis, relatando como foi o dia da homenagem. 

         Não quero de forma nenhuma nos promover, mas se um dia servirmos de inspiração para que outros jovens batalhem por seus sonhos e descubram que com muita luta podem conquistar o impossível, já estaremos plenamente realizados.

          Os peregrinos da Paróquia do Mártir São Sebastião receberam Moção de Aplauso na Câmara Municipal de Varginha no dia 12 de Dezembro. Pe. Jean Poul Hansen, Isabele Pissolatti, Tatiana Tavares, Catarina Bueno, Douglas Diniz, Sabrina Eduardo, Douglas Vitor, Neide Oliveira, Dulce das Mercês e Matheus Pissolatti estiveram no plenário da Casa da Cidade para receber a homenagem proposta pelo Vereador Rogério Bueno. 

      Familiares e amigos dos peregrinos também marcaram presença neste momento de reconhecimento público e de grande emoção para os envolvidos. Em sua justificativa para a Moção, Bueno enfatizou o trabalho dos peregrinos para arrecadar fundos para financiar a participação do grupo na Jornada Mundial da Juventude 2011 realizada em Madrid, na Espanha.  “Esses jovens servem de exemplo para todos nós. Com certeza eles ouviram diversas críticas; muitas pessoas devem ter dito que não conseguiriam, mas com persistência e trabalho atingiram a meta”, afirmou. 

          Em seguida, cada vereador comentou sobre a importância de iniciativas deste porte para o crescimento pessoal e espiritual dos jovens. Além de tecerem diversos elogios a coragem e determinação da turma. A Moção de Aplauso foi aprovada por unanimidade. 

          Em nome do grupo, Matheus ocupou a tribuna para um discurso de agradecimento, onde relatou a experiência de participar da JMJ e também de Taizé. E ressaltou a importância de se dar o testemunho da fé para contagiar outros jovens a trilhar um caminho cristão. No final, Matheus dedicou a Moção ao Pe Jean, não só pelo imenso apoio dado para esta Jornada mas também por todo o incentivo e dedicação a juventude paroquial nos últimos sete anos. 

         Logo após, o pároco aproveitou a oportunidade para falar sobre a JMJ Rio 2013 e do movimento de oposição ao maior evento mundial da Igreja Católica. Expressando a diferença entre Estado Laico e Laicismo. Finalizada a homenagem os peregrinos comemoraram a Moção em um restaurante. 

              Leia também: O Bom Peregrino carrega consigo um pouco do mundo

                                     Obrigado Bento XVI 

Nenhum comentário: