quarta-feira, 5 de agosto de 2015

As Preciosidades da Campanha



        Campanha-MG é um lugar que frequento desde a infância, sempre gostei daquela cidade. Não só pelo fato de toda minha família materna ser de lá, mas porque aprecio andar tranquilamente por aquelas ruas, observar as praças, casas e tudo que compõe um cenário tipicamente do interior. Às vezes me surpreendo com uma recordação ou outra das histórias que minha saudosa Vó Maria contava sobre aquele pedacinho de terra do Sul de Minas. 

       Sem dúvidas, o principal ponto turístico da cidade é a Catedral de Santo Antônio, que após a reforma [foto que ilustra a matéria] ficou ainda mais deslumbrante. As imagens, os detalhes harmoniosamente trabalhados e principalmente a Capela do Santíssimo, merecem ser admirados por vários minutos. 

      Próximo à Igreja Matriz há o Seminário Diocesano Nossa Senhora das Dores e o Palácio Episcopal São José [residência oficial do bispo diocesano]. Já fomos recebidos por Dom Diamantino nos jardins do local em uma matéria para o Jornal Planeta Legionis [2005]. 


        Outros lugares interessantes em que estive: Museu Sul de Minas, Colégio Nossa Senhora do Sion, o Club Concórdia, a Casa de Bárbara Heliodora [heroína da Inconfidência Mineira] e a Casa de Pe. Victor, onde foi criado o ex-escravo que será beatificado no final desse ano. 

      O município também é a terra natal de Vital Brazil, ilustre cientista que, através de suas descobertas, salvou e ainda salva tantas vidas humanas na defesa contra o ofidismo. Visitamos a sua residência, hoje transformada em museu. Vital Brazil fundou e dirigiu dois dos maiores laboratórios da área de imunoterapia do país, o “Butantan” em São Paulo e o “Vital Brazil” em Niterói-RJ. 

        Ao chegar em Campanha, me afloram as melhores lembranças, seja de confraternizações em família ou até mesmo dos animados carnavais de rua. No entanto, nenhuma memória é tão forte quanto as visitas que fazíamos à casa do meu tio-avô Dunga e de sua esposa Tia Cecília (ambos in memorian). Sempre regadas a deliciosos doces e muitas histórias. Tive a oportunidade de entrevistá-lo para o Jornal no ano de 2005, quero compartilhar o texto com vocês do blog, é uma preciosidade....Sugestão da minha querida avó [Leia também: O Legado de Vó Maria]

 O Mestre do Sax 
   
       “Música: Sublime arte feita e interpretada por nós mortais. Uma dádiva eterna do Imortal”. Levando em conta este pensamento, não poderíamos deixar de visitar o “Baluarte da Música Campanhense” Alpheu do Nascimento (Tio Dunga para nós) e sua simpática esposa Cecília, veja: “Meu primeiro instrumento musical foi uma gaita, que ganhei de meu pai. 

        Em seguida, tive um violino feito de cabaça, porém minha maior paixão é o saxofone, ele custou um conto de réis e me acompanha há 65 anos! [hoje já são 75 anos]. Já fui maestro e apresentei-me em diversas cidades de Minas Gerais. Atualmente faço parte da Corporação Musical Dom Inocêncio”. Tio Dunga nos mostrou todas as homenagens que recebeu e pedimos que tocasse pra gente, só que estava impossibilitado por motivos de saúde. Então, trouxeram um boneco (réplica de Ray Charles) que toca sax e dança....Foi uma festa! Coroada pelos doces que nos ofereceram...

Confira um vídeo sobre Campanha




       Leia também: O dia em que estivemos no Cine Rio Branco

                              Feriado no Lago da Barragem em Campanha


4 comentários:

Lourdes disse...

Parabéns pelas histórias de Campanha.
Campanha, terra linda que conheci um pouco em janeiro de 2015.
Não me cansei de andar por suas ruas, suas ladeiras, seus recantos, encontrar povo tão acolhedor. Infelizmente a catedral estava em obras e não pude observar sua beleza. Mas, com certeza voltarei para melhor conhecer esta cidade.
Maria de Lourdes de Athayde

Matheus Pissolatti disse...

Olá Maria de Lourdes, muito obrigado por ter lido a matéria...Sim a Catedral ficou lindíssima após a reforma...vale a pena uma visita...e aquelas ruas são inesquecíveis mesmo....

Taynara Ferreira disse...

É Matheus...Campanha é mesmo uma cidade que consegue ser acolhedora... E é muito bom saber que é reconhecida por isso...Belo texto...Não sabia que sua família possuía um "pezinho" aqui

Matheus Pissolatti disse...

haha pois é Taynara, tenho uma ligação com Campanha sim...gosto muito dessa cidade...obrigado por ter lido a matéria...acompanhe sempre o blog....