quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Um tarde na Cachoeira dos Garcias e Poço do Joaquim Bernardo em Aiuruoca


     Já que o tempo e os dias de folga conspiraram a nosso favor, decidimos conhecer um pouco mais das riquezas naturais de Aiuruoca, no Sul de Minas Gerais. A Cachoeira dos Garcia e o Poço do Joaquim Bernardo foram os destinos escolhidos para o passeio da quinta-feira, dia 07 de janeiro. 

   Do momento em que saímos de Caxambu até o mergulho nas águas geladas da cachoeira, aproximadamente duas horas foram gastas. Metade do percurso foi feito por estrada de terra, com fortes subidas, alguns cascalhos e buracos no caminho. Com direito a forte adrenalina para empurrar o carro e livrá-lo de uma indesejada pedra. Detalhe que não poderia faltar, senão a viagem não teria graça!!!
 
     O trecho final de acesso ao local deve ser feito a pé [cerca de 1Km], em descida íngreme. Mas todo o sacrifício valeu a pena ao contemplar a bela visão proporcionada pela natureza. Mesmo com a água fria, aproveitamos bastante, curtimos a paisagem e nos aventuramos pelas rochas em busca dos melhores ângulos para as fotos.

      Após uma pausa para lanche, encaramos o percurso de volta à pé até onde se encontravam os carros. Foi a parte mais complicada do dia. Subida difícil, carregando todos nossos utensílios [segunda foto da matéria] e kits de sobrevivência (risos), mas demos conta do recado... Suados e com muitas histórias de superação para contar.

     Nossa próxima parada foi no Poço do Joaquim Bernardo [fotos acima e abaixo]. Que lugar encantador! Uma piscina natural com água deliciosa, rasa e um pequeno "escorregador" entre as pedras garantiu a diversão. O local possui área própria para camping e foi possível prepararmos um delicioso churrasco para compensar a caminhada. Foi um excelente momento de confraternização entre esta animada turma [Pe. Jean, Marcely, Sueli, Rodrigo e Beatriz].

     Em paz, concluímos o passeio no final da tarde. Valeu muito a pena. Recomendo! Espero ter outras oportunidades de conhecer mais cachoeiras em Aiuruoca.

     Leia também: Cachoeira do Moinho para começar bem o ano

                            Fantástica Aventura num paraíso chamado Ibitipoca

2 comentários:

Simone Silverio disse...

Matheus que lugar maravilhoso e principalmente ótimas companhias!!!!Sair da rotina é tudo de bom, tem gente que viaja para tão longe e deixar de valorizar este paraíso tão perto!!!!São momentos preciosos como este que recarregam para continuidade da jornada da vida!!!!!

Matheus Pissolatti disse...

Exatamente...o que faz a diferença são as companhias e a intensidade com que vivemos a vida em contato com a natureza...deu pra começar muito bem o ano viu...